segunda-feira, 3 de agosto de 2015

15 cuidados que você deve ter com suas lentes de contato




Oi gente!

Desde que as lentes de contato surgiram tornaram-se um verdadeiro símbolo de liberdade quando o assunto é a opressão do uso de óculos, até então a única opção para quem tinha algum tipo de deficiência de acuidade visual. Hoje, desde que seguidos alguns parâmetros, as lentes de contato são tão confortáveis que costumam até serem esquecidas por quem as está usando. E as novidades não param de surgir. Recentemente um estudo britânico com 300 crianças mostrou que o uso das lentes de contato gelatinosas durante a noite pode interromper a progressão da miopia. 
A prática, que já é conhecida como Orthokeratology, consiste em coloca-las na hora de dormir e retirá-las pela manhã. De acordo com o estudo, nenhuma das crianças que passaram pelo procedimento teve qualquer alteração na visão durante três anos, ao contrário daquelas que não utilizaram a técnica e cuja visão se deteriorou com rapidez. De qualquer forma, o uso das lentes gelatinosas requer alguns cuidados específicos tanto para otimizar seu uso quanto para evitar possíveis danos aos olhos. Saiba 15 cuidados que você não pode deixar de ter com suas lentes de contato. A New Lentes, que fornece lentes de contato coloridas, preparou 15 dicas imperdíveis:

1. Consulte um oftalmologista em primeiro lugar
Há vários tipos de lentes de contato e apenas um oftalmologista está apto a indicar qual é o melhor para o seu caso. Jamais experimente lentes de outra pessoa para ver se se adapta ou não, mesmo que sejam novas.

2. Nunca compartilhe suas lentes
Não importa se o grau é o mesmo, se é marido e mulher, filho ou sogra, jamais compartilhe suas lentes de contato. Por mais que pareça estranho, tem gente que faz, o que aumenta muito o risco de contaminação.

3. Nunca utilize água da torneira
Jamais pense em utilizar água da torneira para lavar as lentes, nem mesmo soro fisiológico, o correto é usar apenas soluções específicas para a limpeza das lentes. Recentemente, no Reino Unido, ficou famoso o caso de uma menina que contraiu uma bactéria que estava comendo seu olho: o protozoário parasita Acanthamoeba keratitis passou para a lente por meio da água comum. Confundida a princípio com uma infecção vulgar, a ceratite pode fazer perder a visão e já atinge cerca de 50 mil usuários de lentes só no Reino Unido. No Brasil, os primeiros casos apareceram em 1988. Apesar da praticidade, o ideal é sequer nadar ou tomar banho com as lentes de contato.

4. Atenção na hora de manusear as lentes
As mãos devem estar sempre muito bem lavadas com sabonete neutro e secas com uma toalha que não solte fiapos ou fios.

5. Cuidados com a caixinha
Não basta cuidar das lentes, é preciso cuidar da caixinha também, que deve ser limpa diariamente, lavada e seca, recebendo nova carga da solução especial. Troque de caixinha a cada três meses no mínimo e cole o adesivo que vem na embalagem da lente na tampa corresponde àquele olho, no caso de os graus serem diferentes. Assim você não se confundirá.

6. Caiu, esqueça
É difícil, mas não é impossível a lente cair na rua ou em qualquer lugar. O correto é jogá-la fora e colocar outra, mas se você não estiver com uma reserva e precisar reutilizá-la de qualquer forma, jamais a coloque nos olhos sem uma higienização completa com a solução adequada. Nunca a limpe com saliva - acredite, tem gente que faz - água borriçada  da torneira ou soro fisiológico.

7. Deixe as lentes dormirem na caixinha
Se a hora é de dormir, deixe-as dormirem na caixinha. Dormir com as lentes nos olhos causa ressecamento, desconforto e podem proporcionar alguns problemas devido à falta de oxigenação das córneas que, durante a noite o retiram das lágrimas e do humor aquoso. As lentes formam uma barreira que as impede de se alimentar.

8. Lente de contato e maquiagem não combinam
Evite se maquiar com as lentes, o ideal é ter um óculos para essa hora e só depois da maquiagem pronta colocá-las, para evitar que resíduos caiam nos olhos. Em último caso escolha make ups livres de óleos, que podem escorrer pela pele e cair nos olhos, e dê preferência aos cosméticos cremosos, que não soltam resíduos.

9. Troque-as no período recomendado
Elas podem parecer como novas, mas nunca as use por um período maior que o recomendado pelo fabricante. Quando elas passam do prazo, elas acumulam proteínas, o que faz com que as bactérias adiram com mais facilidade aumentando a possibilidade de infecções.

10. Cuidados com a solução
Mantenha o frasco da solução sempre fechado e tenha cuidado para que o bico não encoste em nenhum objeto. Sempre troque a solução do estojo completamente, nunca apenas a complete ou reutilize a que já está lá. Ela deve ser trocada diariamente. Só use a solução dentro do prazo de validade.

11. Viagem à vista, kit completo na mala
Se está programando uma viagem, mesmo que seja apenas de fim de semana, não esqueça de colocar um kit completo na mala: solução, estojo e pelo menos um par de lentes sobressalentes.

12. Evite nadar de lentes
Seja no mar ou na piscina, o ideal é não nadar com lentes. A água tem bactérias e substâncias, como cloro, estabilizantes e fungicidas, que podem causar infecções em contato com a lente.

13. Deixe-as limpas quando retiradas
Sempre guarde suas lentes bem limpas, colocando-a na palma da mão e esfregando o dedo indicador de forma suave e circular com um pouco de solução desinfetante própria. Só depois guarde-as no estojo.

14. Troque-as se estiverem incomodando
Pode acontecer de você colocar a lente e sentir algum incômodo, como um cisco. Muitas vezes é um cílio ou um grãozinho de poeira, retire-a e lave-a cuidadosamente, colocando-a em seguida. Se o problema persistir, jogue esta fora e coloque outra lente. Se não tiver prefira um óculos até comprar lentes novas.

15. Vá ao oftalmologista em caso de vermelhidão
Olhos vermelhos, incômodo persistente ou vista turva merecem uma visita ao oftalmologista, mas o primeiro passo é retirar as lentes. Não deixe para depois porque um problema aparentemente simples pode se complicar rapidamente - e sem necessidade.

Gostaram das dicas da New Lentes? Todo cuidado é pouco com o nossos olhos!

Beijos,

Mayra

domingo, 2 de agosto de 2015

Bolo de Banana Integral Simples




Oi gente!

Essa semana fiz esta receita de bolo de banana integral simples, de todas as receitas que testei essa foi a que ficou mais focinha e saborosa.
Os ingredientes são fáceis, todo mundo tem em casa.

Espero que gostem.


Ingredientes:
  • 2 ovos
  • 1 e 1/2 xícaras de açúcar orgânico, demerara ou mascavo;
  • 1 xícara de leite desnatado ou sem lactose;
  • 1/2 xícara de óleo de canola;
  • 2 xícaras de farinha integral;
  • 1 colher de sopa de fermento em pó;
  • 1 colher de chá de canela em pó;
  • 7 bananas nanicas maduras (4 para a massa e 3 para decorar).


Modo de fazer:
  1. No liqüidificador bata os ovos, o açúcar, o óleo e o leite. Reserve. 
  2. Amasse com o garfo 4 bananas e reserve.
  3. Em uma tigela misture a farinha, a canela e o fermento, acrescente a mistura batida no liqüidificador. Em seguida acrescente as bananas amassadas e misture bem.
  4. Em uma assadeira untada e enfarinha salpique um pouco de açúcar e canela no fundo, em seguida acrescente as 3 outras bananas cortadas. Coloque a massa.
  5. Em forno préaquecido asse por 40 a 45 minutos em temperatura média, antes de desligar faça do teste do palito.



Delicioso!

Beijos,

Mayra